Como Criar Landing Page: Passo a Passo

Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

No mundo do Inbound Marketing e do marketing digital a Landing Page é um material corriqueiro. Mas você sabe como criar uma landing page? Ou melhor, sabe como criar landing page com altos níveis de conversão? 

Vamos falar sobre este passo a passo da criação, além dos elementos fundamentais da landing page, o que é esse material e as vantagens de utilizá-lo na sua estratégia de vendas e divulgação.

Este artigo é um verdadeiro guia, para você entender também quais são as melhores opções para criar landing page, se você precisa contratar um profissional para criá-las, se pode fazer sozinho, se existem ferramentas que podem te ajudar neste processo.

Vamos falar sobre todo esse caminho das pedras a seguir!

O que é uma landing page?

A landing page é uma página criada com o objetivo de ser uma página de destino. A ideia é transformar as visitas dos leads em conversão.

Você com certeza já se deparou com esse material pela internet e pode até ter ficado em dúvida se a landing page era uma página avulsa, se ela era um site, se existiam mais opções de conteúdo junto com este material…

Mas a ideia desse material é ser o caminho para ser realizada qualquer ação, através de uma Call To Action, com menor quantidade de conteúdo e uma mensagem mais objetiva e direta.

Quer um exemplo na prática? Toda vez que você baixa um ebook por exemplo, e precisa colocar o email de contato, invariavelmente vai inserir esse endereço em uma landing page. 

Essa conversão é bem diversa, pode ser desde a coleta de emails para alimentação da base de leads, até a compra de um infoproduto.

Landing page é a mesma coisa que um site?

Não exatamente.

Apesar de ser uma página independente a landing page é mais simples. Como comentamos, ela é um material mais objetivo e direto, afinal, o foco é a conversão. Basicamente ela é um formulário virtual.

Já no caso de um site, o conteúdo é mais aprofundado, você insere diversas informações sobre você, seu infoproduto, canais para contato, artigos para aprimoramento do SEO.

Então, landing page não é a mesma coisa que um site, apesar de também envolver programações, códigos, configurações e design. 

Por quê devo usar uma landing page?

Com tantos detalhes que preciso pensar dentro do processo de criação e lançamento de um infoproduto, ou mesmo como afiliado deste infoproduto, por que ainda devo me preocupar em criar landing page?

Basicamente? Porque essa é a melhor maneira de gerar leads.

Coletar dados como email, idade, cidade, nome são informações valiosas para todas as etapas do funil de vendas.

Com uma boa base de leads você consegue gerar:

  • Conexão e relacionamento com o público
  • Divulgação de materiais, conteúdos e infoprodutos
  • Atualizar sobre as novidades do seu negócio
  • Alimentar o time de vendas com contatos de leads em potencial

São por esses motivos que criar landing page faz toda diferença na sua estratégia de divulgação.

Vantagens em utilizar uma landing page

Apesar da landing page ser usada principalmente para a geração de leads, suas vantagens vão muito além, e vamos falar sobre algumas delas a seguir.

Facilita a avalição dos leads

A landing page ajuda muito na avaliação da etapa do lead. Qual a etapa do funil que ele se encontra? Isso pode ser analisado através da landing page.

Como isso é possível? Bom, quando você cria uma landing page para coletar contatos para baixar um ebook inicial, de topo de funil, então já sabe que esses contatos ainda não estão prontos para a compra.

Agora, se o lead baixou um material mais aprofundado, está em um nível superior na sua jornada de compras, já se encontra no final do funil, então, muito provavelmente está pronto para a conversão.

É nestes contatos que sua equipe de vendas pode focar, lá as chances de conversão são muito maiores.

Segmenta os leads

Mais uma função muito importante da landing page é a segmentação dos leads. Você pode inserir perguntas no formulário que vão ajudá-lo a entender melhor o comportamento do seu público-alvo.

Como por exemplo, você conta com uma newsletter, com um canal no Telegram e um grupo no Facebook, quer alimentar esses canais, mas não sabe qual é a preferência do lead. Então pode inserir essa pergunta na landing page, e à partir das respostas, segmentar o público através do canal que mais utiliza.

Adquirir leads passa a ser mais barato

Fora da landing page, qual seria a opção para registro de emails? Pesquisa? Ligar para esses contatos?

Percebe como essas opções são muito trabalhosas, demoradas e de alto custo? Com uma landing page bem feita, objetiva e eficiente você consegue esses contatos de uma forma muito mais rápida e barata!

Aliás, vale lembrar: compra de lista de contatos é crime! Então fuja dessa cilada!

Como criar uma landing page?

Bom, vamos colocar a mão na massa? Chegou a hora de entender como é criar uma landing page.

Mas, antes de falarmos sobre o passo a passo, precisamos deixar claro que você tem dois caminhos para escolher:

  • Você pode contratar um profissional, afinal, sabemos que criar landing pages é um processo importantíssimo na estratégia do seu infoproduto. Então, você pode preferir contratar um profissional para fazer todas as configurações necessárias.
  • Usar uma ferramenta de criação de landing page, nesse caso, você contrata uma ferramenta que disponibiliza todo passo a passo para o desenvolvimento desse material, além de oferecer opções de layout, plugins para configurar a página além de outras funções. Essa é uma opção excelente para o infoprodutor ou afiliado que busca uma opção permanente e que traga mais controle para a criação de diversas landing pages.

1- Pense em um título poderoso

Assim como em um artigo, post ou anúncio, o título é a informação que mais chama atenção em uma landing page.

Em tempos de excesso de conteúdo e informação, quem cria títulos que se destacam é rei! Imagine que a landing page normalmente trabalha com um conteúdo mais básico, então, o título se torna ainda mais importante.

Mais uma dica, procure usar títulos curtos e diretos, isso prende a atenção do lead.

2- Pense nas cores

Como já mencionamos, a landing page trabalha com uma quantidade menor de texto. Então você precisa utilizar outros elementos para prender a atenção do leitor.

Uma dessas ferramentas são as cores. Dê preferência em utilizar as cores da sua identidade visual, afinal, elas te representam. Nós sabemos o quanto as cores tem o poder de transmitir uma identidade, um exemplo disso é o famoso roxinho do Nubank

Além das cores utilizadas pela sua marca, também é importante pensar nas combinações de mais contraste, principalmente na hora de escolher a cor do botão da Call To Action (CTA).

Uma boa cor neste caso é o vermelho, que chama a atenção e passa a sensação de urgência no leitor.

Você já deve estar cansado de ler isso neste artigo, mas na hora de  criar landing pages foque toda a sua energia em gerar uma conversão.

Para isso, utilize apenas um link na página, aquele que irá na CTA. Esse precisa ser o único destino da página, assim, você não corre o risco do lead clicar em outros links e você perder a conversão.

O mesmo vale para a inserção de menus, a landing page não é melhor material para isso. Mais uma vez se lembre: seja claro, objetivo e faça todo o conteúdo encaminhando o lead para a CTA de conversão.

4- Pense nas informações do formulário

O que vou pedir nas informações da landing page? Aliás, preciso mudar essas perguntas quando criar landing pages diferentes?

Sim! O ideal é colocar perguntas específicas, que vão fazer sentido com o objetivo da landing page que você está criando.

Mas tem perguntas exatas para utilizar? Nem sempre.

Tudo vai depender do conteúdo e etapa do funil que a landing page se encontra. Se você está criando um formulário para topo de funil, com objetivo de geração de leads, o que mais importa nesse momento é o email do leitor.

Agora se o material é do final do funil, antes de realizar a venda, então é importante coletar mais informações para entrar em contato com o lead posteriormente. Vale até mesmo pedir o telefone neste caso.

5- CTA chamativo e objetivo

Além das cores, mais um ponto muito importante é justamente a mensagem que você vai colocar na CTA.

Ela precisa ser chamativa e objetiva, é muito importante que ela informe exatamente o que o lead receberá após o cadastro e envio dos dados.

Então se a landing page é para baixar um ebook, coloque essa informação no botão da CTA, se o objetivo é a participação em um webinar, informe na CTA, se a ideia é uma inscrição em uma newsletter, que a CTA tenha essa informação.

E o  mais importante, sempre entregue o prometido! Não crie expectativas no lead que não serão cumpridas futuramente.

6- Dê espaço para vídeos

O espaço para textos na hora de criar landing page é sempre restrito, por isso, se você precisa passar mais informações, pode usar o recurso de um vídeo explicando o conteúdo com mais detalhes.

Vale lembrar que o vídeo precisa estar embedado na página, ou seja, a visualização precisa acontecer na própria landing page, sem enviar para outras páginas. Já que o único link que deve ser utilizado é para o objetivo da conversão.

Tendo esse cuidado, utilizar vídeos é um poderoso recurso na hora de criar landing pages de alta conversão.

7- Seja objetivo

Pode até parecer repetitivo, mas realmente é muito importante prezar pela objetividade no momento da criação da landing page.

Nós sabemos que sempre parece que faltam informações, que você tem muito mais a dizer sobre o infoproduto, afinal, foram meses desenvolvendo essa estratégia, mas neste momento preze pelo essencial.

Vale lembrar que a landing page faz parte de uma jornada de compras, então vão existir outros momentos e etapas para criar conteúdos mais aprofundados para o convencimento do lead.

8- Utilize elementos para direcionar o lead

Além das cores, você também pode utilizar elementos visuais para ajudar a direcionar o olhar do lead.

Para isso, use imagens de pessoas olhando para o formulário, setas, placas, tudo direcionado para o formulário. 

Pode até parecer estranho, mas o cérebro sempre usa esse tipo de mensagem para focar seu olhar. Então, utilizando esses recursos, você tem ainda mais chances de garantir a conversão do lead.

9-Use a comprovação de outras pessoas

Algumas pessoas são ativadas com um gatilho mental muito específico, o da prova social. Isso é, quando elas vêem que outra pessoa utilizou essa solução e conquistou o que tanto almejava, sentem dentro delas a necessidade de comprar a mesma solução.

Se deu certo com ele, por que não vai dar certo comigo? A ideia é justamente essa. Então, dentro do texto ou vídeo, coloque dados, pesquisas ou até mesmo depoimentos de outros alunos que já utilizaram o infoproduto e comprovam que ele realmente funciona.

Se você ainda está no primeiro lançamento, pode utilizar pesquisas de grandes institutos que comprovam sua percepção. Como por exemplo, seu infoproduto é voltado para mulheres que acabaram de ter filhos e pretendem voltar ao mercado de trabalho. 

Você pode então apresentar pesquisas de grandes institutos, que mostrem as incertezas e dúvidas que esse público-alvo passa, assim o lead vai perceber que a dor dele não é única e vai se identificar com sua landing page.

10- Passe a sensação da urgência

Qual desses títulos mais chama sua atenção:

“Tenho uma oferta ótima para você! Mas não precisa se preocupar, ela fica válida até o final do mês”

Ou então…

“Confira essa oferta imperdível! Mas corra é só por hoje!” 

O primeiro título até pode ter chamado sua atenção, mas a verdade é que você não vai comprar neste dia, afinal, ele mesmo já falou que você tem tempo para aproveitar essa oferta. 

Agora o segundo título deixa claro que a oportunidade é muito boa, e você tem pouco tempo para aproveitar, ou seja, precisa comprar o mais rápido possível! 

É claro que nós exageramos nesse primeiro título, mas a ideia era te fazer entender justamente a importância em utilizar o gatilho da urgência quando for criar uma landing page. 

Procure sempre trazer títulos com uma copy que transmita essa mensagem de urgência. Afinal, você está apresentando uma oferta irresistível, o lead não pode perder tempo e deixar essa oportunidade passar certo?

Outros exemplos de copys da urgência são:

  • Corra, é só até amanhã
  • A oferta está de te esperando, mas é só até amanhã
  • A melhor oferta do ano está te esperando! Mas acaba em poucas horas!

Então, anotou todos os passos para criar landing pages de alta conversão? 

Posso criar minhas landing pages na leadlovers?

Agora que você já entendeu a estrutura de uma landing page de alta conversão, precisa saber onde você vai criar essa página.

Como falamos logo no início deste artigo, uma das opções é contratar um profissional para realizar a criação deste material. Apesar da facilidade essa contratação envolve alguns fatores:

  • Normalmente esse profissional cobra por landing page, então, você limita o número de peças da sua estratégia.
  • Precisa se organizar para encaixar a sua demanda na programação de entrega do profissional.
  • Essa é uma solução temporária, cada vez que necessitar de uma landing page vai precisar passar por todo esse processo novamente.

Então, qual seria a solução mais prática e eficiente? Contratar uma ferramenta de criação de landing pages. 

Existem várias opções no mercado, mas nós indicamos a nossa ferramenta da leadlovers, uma opção completa que além de criar landing pages, ainda oferece uma estrutura para automação e disparo de emails e gerenciamento de leads.

Ou seja, contratando a nossa ferramenta você adquire uma solução com diversas opções de layout de landing page, além de um construtor para você criar a página do zero, com a sua cara e atendendo todas as necessidades do seu negócio.

Com a leadlovers você consegue criar landing pages de uma forma simples, rápida, configura todas as necessidades da página e assim, coloca em prática todo o passo a passo que acabamos de te ensinar.

Conclusão

Independente da sua escolha, em contratar um profissional ou uma ferramenta para criar landing pages, esperamos que nosso artigo tenha aberto seus olhos com relação a importância deste material.

Mais do que uma ‘página solta’, a landing page é uma ferramenta importantíssima para coleta de leads, para trazer novas oportunidades de negócio, para conhecer e segmentar melhor seu cliente.

Pense na landing page como um dos melhores intermediários que você pode criar, para conseguir as informações de contato mais importantes do seu lead. Para deixar seu processo de vendas e conversão mais eficiente e lucrativo.

Por isso, se você ainda não utilizava essa ferramenta, pode colocar as mãos à obra! Se debruce sobre sua estratégia de conteúdos e vendas, analise cada etapa do funil e entenda quais são os melhores momentos para colocar uma landing page para rodar!

Escrito por
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer receber mais conteúdos como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por e-mail e participe da comunidade da Leadlovers

Leadlovers Tecnologia
CNPJ: 22.799.684/0001-76
Rua do Semeador, 461 | CIC • Curitiba|PR • 81270-050
© 2015 – 2022 leadlovers