Vídeo marketing: as vantagens do conteúdo audiovisual

Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

O Vídeo Marketing é uma realidade que está cada vez mais presente no nosso dia-a-dia. Das telas grandes até as pequenas, o vídeo tem ganhado espaço em nossas vidas.

Ainda mais com o boom dos smartphones, estamos consumindo conteúdo audiovisual a todo instante. Por isso, é um tema incontornável para o Marketing Digital. 

O vídeo é uma ferramenta poderosa de comunicação com o público. É possível transmitir mensagens complexas e pesadas cargas emocionais. Por isso, o Vídeo Marketing é extremamente promissor para a otimização da persuasão.

O vídeo é capaz de sintetizar, em poucos minutos ou segundos, um conteúdo que explica, emociona, informa, entretém e educa o cliente. Assim, conecta-se mais profundamente com seu público, construindo autoridade e  aumentando suas vendas.

Porém, com o fluxo cada vez mais intenso de conteúdos audiovisuais, fica difícil driblar a concorrência e se destacar. É preciso entender bem essa mídia e se munir de técnicas para realizar uma produção profissional.

Mas, calma! A gente te ajuda! Confira neste artigo mais detalhes sobre Vídeo Marketing e como aplicar no seu negócio

 

Gravar Vídeo Marketing é mais fácil que você imagina
Gravar Vídeo Marketing é mais fácil que você imagina

O que é Vídeo Marketing?

Vídeo Marketing é a utilização de vídeos para promover a sua marca ou empresa.

Ou seja, é produzir conteúdo audiovisual com qualidade profissional para atingir determinados objetivos. Entre as metas mais comuns, podemos citar:

  • aumentar engajamento;
  • expandir audiência;
  • defender conceitos;
  • vincular personagens;
  • ensinar o manuseio;
  • informar novidades e lançamentos…
  • enfim, comunicar.

O video marketing pode ser usado tanto para retenção de clientes quanto para conquista de potenciais clientes.

Também é utilizado em campanhas publicitárias, que promovem a marca, e campanhas internas, como vídeos institucionais para endomarketing.

O universo de possibilidades é infinito. O que há alguns anos se resumia em criar propagandas para televisão, hoje em dia se expandiu para uma infinidade de peças realizáveis.

Entre diferentes durações e formatos, podemos criar conteúdos curtos mesmo, como stories, reels e IGTV no Instagram.

Mas também podemos investir nos conteúdos mais longos, como webdocumentários e entrevistas com especialistas no Youtube, Vimeo e Facebook.

Em outras palavras, o video marketing é aplicar o marketing através do vídeo. Já que o vídeo é hoje a mídia de maior adesão entre os usuários das redes sociais.

Resumindo: É mais uma forma de impulsionar o crescimento e a admiração pelo seu negócio.

Além disso, também é possível pensar em conteúdos educacionais, inclusive tutoriais, como parte da estratégia. 

O vídeo marketing democratizou ainda mais a comunicação. Em alguns casos, ele é muito mais efetivo quando veiculado nas plataformas disponíveis na internet.

Essa análise de custo-benefício para um investimento maior em impulsionamentos nas redes sociais vai depender de alguns fatores. Como público-alvo e estratégia adotados.

Mas, mesmo sem colocar dinheiro nas plataformas, não é recomendado não utilizar o formato que, hoje, é um dos mais acessados pelos usuários. 

De qualquer forma, não custa tentar, né?

Dados de consumo e os Vídeos

Tudo bem, você já entendeu a importância do vídeo marketing, mas ainda não está convencido a aplicar essa estratégia a longo prazo?

Para entender melhor a aplicação dessa estratégia a longo-prazo, vamos conferir alguns números sobre o comportamento dos internautas e telespectadores do país…

O destaque da Youtube Brandcast de 2019 foi para o aumento no consumo de vídeos na internet. Em cinco anos, o crescimento foi de 165%, enquanto a TV subiu apenas 25%. 

 Isso prova que, no país, os vídeos da internet são mais vistos do que na TV. E claro, onde os acessos são maiores, onde a atenção do público está, é onde sua empresa precisa estar. 

O estudo também aponta que 9% dos brasileiros não acompanham a programação da televisão e 95% têm o hábito de assistir aos conteúdos audiovisuais online.

Outro dado importante é sobre o tipo de conteúdo que os internautas estão procurando: 80% dos entrevistados afirmou que busca encontrar o que não está disponível na televisão. 

Além disso, a pesquisa mostrou que 6 a cada 10 pessoas buscam no Youtube conteúdos para melhorar suas carreiras e para o aprendizado, apontando uma forte tendência para tutoriais.

Afinal, você já deve ter ouvido que “é possível aprender de tudo na internet”. E, de fato, quase tudo dá.

O Vídeo Marketing pode mudar seu negócio
O Vídeo Marketing pode mudar seu negócio

Segmentação e nichos

As produções audiovisuais são regidas pelas preferências mais particulares dos usuários.

Por isso, há canais no Youtube extremamente segmentados, mas ainda assim com milhões seguidores e visualizações. 

Explorar os nichos do mercado é uma das formas de potencializar o alcance da sua marca.

Atualmente, as buyer personas assumem detalhes muito específicos, e o recorte de público-alvo não se resume às informações demográficas.

Nome, gênero e idade continuam sendo variáveis fundamentais. Mas para produzir conteúdo nos atuais moldes tecnológicos, é preciso ir além e definir gostos, interesses, dores, anseios, etc.

O aprofundamento de temáticas no online é uma das coisas que mais chamam atenção e se difere dos canais abertos de TV.

Já que por conta da preocupação com a audiência, a televisão acaba tendo que produzir conteúdos mais “populares”. 

Dessa forma, investir na produção de vídeo-marketing é falar diretamente com o cliente que tem maiores chances de se interessar pelo seu produto ou serviço. É canalizar a mensagem de forma certeira, cirúrgica. 

Ao investir na produção de vídeos marketing, é possível falar diretamente com o público que tem maiores chances de se interessar pelo seu produto ou serviço. 

A venda, desta forma, é proporcionalmente mais assertiva e o canal de comunicação pode ser aprofundado. 

Principais Formas de Fazer Vídeo Marketing 

Para você que está começando e ainda não sabe quais opções existem à disposição, algumas ideias de tipos de vídeos podem ajudar. A dica é aplicar diferentes formatos nas diversas plataformas.

1 – Educacionais

Muitos potenciais clientes chegam até as empresas pelo conteúdo publicado sobre o universo da marca, inicialmente. E só depois se tornarem clientes.

Esses vídeos têm um caráter educacional, que visa aprofundar assuntos pertinentes à solução.

Este caso abrange tutoriais, vídeo-aulas, web documentários, webinários, entre outros formatos, desde que divulguem conhecimento.

Pelo objetivo ser ensinar, demandam mais esforço e tempo de produção. 

A criação de cursos de qualificação, workshops e webinars, por exemplo, promovem a qualidade dos profissionais da empresa e solidificam a confiança do mercado no seu trabalho. 

Outra estratégia é a postagem de dicas rápidas pelas redes sociais. Já que essas criam um volume de conteúdo de forma ágil e que instigam o público a interagir e engajar nos assuntos.

2 – Teasers e bastidores

Revelar novidades com vídeos curtos é uma forma eficiente de estimular sua audiência. Pois isso cria admiração e expectativa para a sua marca, fortalecendo o vínculo e atiçando a curiosidade.

O teaser é uma amostra curta de um material que está por vir, enquanto os bastidores mostram que há algo sendo produzido, sem revelar o que é ainda. Ambos alimentam o buzz, isto é, as pessoas passam a falar sobre a sua empresa.

Pense na divulgação dos trailers de filmes e séries: eles provocam um burburinho positivo e uma expectativa para o lançamento. É uma antecipação que agrega valor para o conteúdo.

Da mesma forma, você pode usar teasers em lançamentos de produtos, linhas, estações, promoções, parcerias, e o que quer que seja importante para a sua marca.

Ao compartilhar situações dos bastidores da empresa, você estabelece uma sensação de proximidade e de relações afetivas, um carinho para com o que está sendo produzido. 

3 – Demonstração de produto ou serviço

É preciso ver para crer! Vídeos de demonstração são excelentes para defender a sua solução. Com poucos segundos, conseguem converter definitivamente, provando cumprir o que promete.

A dica é apresentar resultados de forma informativa e explicativa, com uma didática acessível. Mostre ao público que ele faz parte daquele universo, aproximando-se daquilo que você oferece.

Em caso de produtos, planos como close-ups são recomendados. Para serviços, trabalhe mais com lettering e motion graphics. Outra dica é levar em consideração aspectos da psicologia das cores.

4 – Cobertura de eventos

A cobertura de eventos é outra forma de validar a sua existência no mercado, posicionar sua marca e construir autoridade

Tradicionalmente, cobrir eventos consiste em gravar imagens e depois transformá-las em um “resumo” do acontecido. Com a pandemia de coronavírus, porém, muita coisa mudou.

Atualmente, são realizadas transmissões ao vivo pelo Youtube, Instagram e Facebook, e posteriormente transformadas em um vídeo permanente. Confira algumas dicas sobre a produção de lives.

5 – Institucionais

Ter valores é essencial para uma marca. Estabelecê-los e sustentá-los exige um posicionamento constante. Com os vídeos institucionais, a sua empresa apresenta as causas que defende.

São conteúdos mais formais e com profundidade, que aumentam a credibilidade da marca. Explicam conceitos e relacionam significados à imagem da organização.

Servem tanto para o público externo, como propaganda indireta, quanto para o interno, como endomarketing. Alguns exemplos de produção são: manifestos, retrospectivas, comemorativas, conceituais, homenagens, etc.

6 – Entrevistas e bate-papos

Esta modalidade permite abordar temas e incorporar personalidades relevantes à sua marca, prospectando novos públicos, aumentando sua audiência e reforçando a credibilidade.

São vídeos com conteúdos especializados e aprofundados. Porém, não precisam ser longos. É interessante soltar trechos curtos de falas importantes, além de disponibilizar a conversa na íntegra.

Video Maketing: Como produzir

Agora que você já viu que precisa inserir o vídeo marketing na sua empresa, pode estar se perguntando por onde começar. 

O caminho é simples, mas precisa de dedicação para um vídeo de qualidade e que obtenha retorno, tanto no feedback, quanto na prospecção e nas vendas. 

Se sua empresa já possui um departamento de marketing e equipamentos para a produção audiovisual, basta propor pautas pensadas para o público da internet. 

O conteúdo pode ser variado: desde vídeos curtos nas redes, até longos trechos de entrevistas com especialistas no Youtube.

Caso sua empresa seja de menor porte, com um celular na mão, uma boa iluminação, um roteiro e bons comunicadores, você já pode fazer barulho na internet. 

Neste caso, é preciso somente se atentar aos seus limites e filtrar os conteúdos na hora da postagem.

A criatividade na captação, a qualidade na edição e um bom texto são essenciais para o sucesso do seu vídeo marketing. 

Você também pode terceirizar, com a contratação de produtoras especializadas na confecção dos conteúdos.

Elas podem te oferecer um novo olhar até mesmo sobre o seu produto e a forma como você pretende vendê-lo. 

É preciso lembrar sempre para qual plataforma você pretende fazer a postagem: Youtube, Facebook, Instagram ou blogs. 

Essa escolha também vai guiar sobre o tempo de duração, formato, linguagem utilizada e tipo de vídeo marketing que deverá ser aplicado. 

É importante conhecer os tipos de Vídeo Marketing
É importante conhecer os tipos de Vídeo Marketing

Tipos de vídeos marketing 

Para você que está começando e ainda não sabe quais opções têm a sua disposição, algumas ideias de tipos de vídeos podem ajudar. 

Você não precisa se limitar a apenas um formato e pode utilizar diversas plataformas para a produção de conteúdos diferenciados. 

Educacionais: 

Muitos leads chegam até as empresas pelo conteúdo oferecido em relação ao universo da marca e, depois, decidem pela compra. 

Pensando nisso, uma das formas de conseguir alcance é através dos vídeos de caráter educacionais. 

Este caso abrange tutoriais, em formato de vídeo-aula, webdocumentários e webinários, que demandam mais tempo de produção. 

A criação de cursos de qualificação é uma das opções para mostrar a qualidade dos profissionais da empresa e ainda solidificar a confiança do mercado no seu trabalho. 

Outra estratégia é a postagem de dicas rápidas pelas redes sociais, que criam um volume de conteúdo de forma ágil e que instigam o público a se aprofundar no assunto. 

A presença constante nas redes faz muita diferença no ranqueamento do Google e, consequentemente, no fluxo de acessos aos seus conteúdos criados. 

Teasers e bastidores:

Ainda falando sobre vídeos curtos, as publicações de teasers falando sobre as novidades da empresa podem alavancar seu alcance. 

Assim, você pode pensar na divulgação dos trailers de filmes e séries: eles provocam um burburinho positivo e expectativa para o lançamento. 

Isso é o que você pode aplicar em lançamentos de produtos, linhas e o que quer que seja importante para a sua marca. 

Outra maneira divertida de falar com o seu público é com a postagem dos bastidores da empresa. 

Assim, você cria proximidade e relações afetivas com o que está sendo produzido pela marca. 

Estes vídeos também não exigem muito trabalho e são mais efetivos quando divulgados nas redes sociais como Facebook e Instagram. 

Demonstração de produto e cobertura de eventos:

Estes vídeos vão depender da segmentação da sua empresa, do tipo de público e produto que você trabalha.

Para as demonstrações de produtos, é interessante mostrar os resultados de forma informativa e explicativa.

Também é necessário que seja com uma didática que mostre ao público que ele faz parte daquele universo.

Dessa forma o objetivo é aproximar, e não criar barreiras para o consumo.

Para a cobertura de eventos, faz sentido utilizar as plataformas com possibilidade de transmissões ao vivo, como o Youtube e o Facebook.

Outra forma bacana de deixar o internauta por dentro do que acontece é com publicações de vídeos em tempo real no Instagram. 

Institucionais:

Se sua empresa apoia uma causa, este é o momento para demonstrar seus valores. 

Os vídeos institucionais, mais formais e com profundidade, aumentam a credibilidade na marca. 

Além disso, é uma ótima maneira de ter um material produzido para falar com os colaboradores sobre a visão e a missão da empresa diante do mercado. 

 Entrevistas e bate-papos: 

Esta modalidade permite à marca incorporar personalidades relevantes ao tema em suas publicações.

Isso também reforça a credibilidade e oferece conteúdos especializados e aprofundados. 

Além disso, também é possível implementar bate-papos mais rápidos e dinâmicos, que esclareçam dúvidas pontuais de quem não está com tanto tempo disponível.

Confira o vídeo e aprenda como produzir roteiros: 

 

Escrito por
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Inscreva-se em nosso blog para receber nossos conteúdos por email

Guias

Inscreva-se em nosso blog para receber nossos conteúdos por email

Mais do meio

Quer receber mais conteúdos como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por e-mail e participe da comunidade da Leadlovers

Leadlovers Tecnologia
CNPJ: 22.799.684/0001-76
Rua do Semeador, 461 | CIC • Curitiba|PR • 81270-050
© 2015 – 2022 leadlovers