Negócios Digitais – As principais estratégias parte 2

Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Olá, hoje eu quero falar com você um pouco mais das estratégias sobre marketing digital.

No último capítulo a gente estava conversando sobre estratégias de marketing digital, coisas como marketing de conteúdo e e-mail marketing. E nesse episódio em específico, eu queria falar com você sobre mais algumas estratégias como: SEO, Link Building e Inbound Marketing. O que significa cada um desses itens para suas estratégias de marketing digital.

A primeira coisa que a gente vai conversar hoje é sobre SEO, o tal do Search Engine Optimization. Ou, otimização para mecanismos de busca. Significa você melhorar o ranqueamento do seu site, o ranqueamento das suas palavras-chave, pra que as pessoas localizem você, organicamente. O que significa organicamente? Significa, você atrair novos visitantes, sem precisar investir para atrair esses visitantes. Sem precisar gastar em anúncios. Esses visitantes vão chegar até você através de aquisição orgânica, ou seja, eles vão pesquisar no Google, no Bing, ou nesses mecanismos de busca, e vão achar você pelas palavras-chave que você fala. Pelo conteúdo que você coloca dentro do teu site.

E uma das grandes e principais estratégias pra SEO, é criar artigos, criar blog. Isso mesmo, blog que é um termo assim… Muitas pessoas pensam que é somente para falar da vida pessoal. Blog é como se fosse um diário, para as pessoas conversarem, colocar seus dados lá. Não! Blog é uma grande estratégia para pequenas empresas, e pra grandes negócios também. Blog é uma forma de você colocar conteúdo e falar desse conteúdo para sua audiência. Otimização para mecanismos de busca, o SEO é você conseguir melhorar o seu site, colocar com que você seja encontrado organicamente pelos mecanismos de busca.

Então, para começar a pensar em otimização para sites de busca, o que você precisa fazer, é pensar em alguns itens em específico. O principal deles é a palavra-chave é aquele item, ou aquela frase que seu cliente geralmente busca para resolver aquele problema. Uma dor específica, ou aquilo que ele busca para identificar o seu negócio. A gente já tinha comentado sobre persona, ou sobre entrega de conteúdo. O legal é você sempre pensar quando estiver criando o artigo, sobre como que o seu cliente localiza você. Como que ele busca dentro da internet, palavras que ele usa para identificar, o seu negócio ou o seu serviço dentro da internet. E quando você otimiza o teu site para mecanismos de busca, você é localizado sem investir dinheiro nessa localização.

Então, o primeiro item que você precisa pensar quando está trabalhando com otimização de mecanismo de busca, é a palavra-chave. O conteúdo-chave, as palavras principais que você precisa colocar no seu texto. Fique com essa palavra sempre em mente, ou utilize algumas ferramentas da internet como buscador de palavras-chave para ver quais palavras as pessoas geralmente procuram dentro dos mecanismos de busca. A partir dessas palavras, você começa a melhorar o seu ranqueamento.

Uma das coisas muito importantes também, é você completar as descrições do seu texto, ou meta-description. É descrever, colocar as palavras-chave, ou o conteúdo das palavras-chave dentro do conteúdo da área de descrição do seu site. Ou até na descrição dos seus vídeos, na descrição das suas imagens. Todo o texto utilizado dentro do seu site é responsável por melhorar o alcance, melhorar a indexação dos mecanismos de busca, para dizer se o seu site é relevante ou não para aquilo que o usuário está pesquisando. Para aquilo que o teu cliente está buscando naquele momento.

Também preencha as tags das imagens. Não só o nome delas, mas, dentro das imagens do seu site, dentro do conteúdo do teu site, tem um item chamado tags, que é aquilo que vai mostrar no lugar de imagem, antes da imagem ser carregada, ou caso a imagem não consiga ser carregada. O nome da imagem, essa tag, vai aparecer no lugar lá. Então, tem aquele quadradinho dentro do site, vai aparecer o quadradinho e antes da imagem carregar, vai aparecer algo escrito. Aquilo é a tag relacionada aquela imagem. Essa tag também tem que ter a ver com a palavra-chave que o teu usuário geralmente busca, dentro daquele artigo. Também você deve otimizar as imagens do teu site. O que significa? Buscar sempre colocar imagens pequenas, imagens reduzidas. Um dos grandes problemas que as pessoas têm no acesso ao site.

Às vezes falam que o site está lento e “Velocidade do site” é um dos itens que também é muito analisado pelos mecanismos de busca. Caso o teu site seja rápido, ele é melhor indexado, ele é mais apontado, ele é mais ranqueado dentro do mecanismo de busca, caso o teu site tenha imagens rápidas e seja rápido. E como que você otimiza imagens? Reduzindo o tamanho dela. Geralmente as pessoas colocam aquela imagem tirada da câmera fotográfica. Vão lá e fotografam a imagem em alta resolução, e colocam ela direto dentro do site. Só que essa imagem em alta resolução, os milhares de pixels que uma câmera tem, servem para você conseguir colocar essa imagem num outdoor de resolução. Tem resolução para você imprimir uma imagem de alta definição em uma televisão de 4K ou dentro de um outdoor de tão grande que aquela imagem. Então você passa isso por algum programa que reduza ele.

Reduza ele para a qualidade de internet. Ou seja, para aparecer no monitor das pessoas. Isso reduz mais de dez vezes o tamanho das imagens melhora muito a velocidade de abertura do teu site. Tudo isso contribui para um melhor posicionamento na hora de ranquear o teu site dentro dos mecanismos de busca.

Então, pesquise mais sobre SEO e entenda o detalhe desse tipo de mecanismo, busque plugins ou, melhor entendimento de que palavras, de que coisas você precisa fazer dentro do teu site para melhorar o teu posicionamento orgânico. Isso vai trazer visitantes para o teu site, sem que você precise pagar por isso. E isso é muito relevante.

Além do mais, essa busca, quanto mais qualificada, vai atrair o melhor tipo de visitante para o seu negócio. Uma das coisas que é interessante você buscar para aumentar a relevância do seu site, aumentar o alcance das suas páginas, e aumentar o número de posicionamento do seu site dentro dos mecanismos de busca é uma técnica chamada Link Building, que basicamente consiste em você ter links, ter pessoas apontando, outras páginas apontando para aquele seu conteúdo. O legal disso é que tem a ver com qualidade. Quanto mais pessoas falam do teu site, quanto mais pessoas linkam, quanto mais pessoas apontam para aquele artigo específico ou para o teu site, mais os mecanismos de busca, mais as pessoas sabem que aquilo tem uma relevância muito grande para elas.

Então é interessante você garimpar isso. Ir atrás de pessoas, de conteúdos que estejam relacionados ao seu negócio. E, pedir para elas falarem de você, linkarem você, apontarem o teu site, fazer a troca de links. Às vezes você fala: eu coloco um artigo no meu blog falando de você, apontando para você e, o contrário também é verdadeiro. Você faz essa troca de relevância e, isso aumenta muito o posicionamento do teu site dentro dos mecanismos de busca. Além disso, é interessante você também prestar atenção nos links internos, tá?

Digamos que você tenha um artigo e começa a falar sobre marketing digital e tem um outro artigo falando sobre automação de marketing. Estou dando exemplos do meu negócio. Então você tem um outro artigo falando sobre Facebook, e dentro desse artigo você fala sobre marketing digital. Ali dentro você tem que ter um link apontando para o artigo de marketing digital e, do artigo de marketing digital, se em algum momento você falar sobre Facebook, vai ter um link dali apontando para o seu artigo sobre Facebook. Sempre faça ligações entre todo o conteúdo do teu site. Todos os artigos do seu blog, todas as páginas que você tem dentro do teu website, é interessante que elas se liguem entre sim, apontem dumas para as outras quanto mais tiver coerência, quanto mais tiver a ver uma informação com outra, mais o usuário navegar por aquilo, mais o mecanismo de busca aumenta também a relevância da determinada página para o usuário final.

E não só isso, quanto mais a pessoa navega pelas suas páginas, quanto mais tempo ela passa navegando dentro do teu site, andando sobre os seus conteúdos. Mais ela se engaja com a sua marca e mais ela vai ter propensão a comprar de você, ou vir falar de você sobre determinado assunto. Um item muito comentado que muito é falado, lá no exterior principalmente, é o tal do Inbound Marketing.

Esse é um termo que coloca a visão de que as pessoas estão buscando sobre informação, sobre conteúdo. Tem tudo a ver com a forma de se atrair pessoas sem pagar por aquilo. E mais que isso, você não está atraindo elas diretamente para o seu negócio. Você não está atraindo elas para vender o seu produto ou serviço, você está atraindo elas, para um conteúdo relevante, que em algum momento vai levar para o teu produto ou serviço. Então, os artigos, essa construção de conteúdo, de vídeos, artigos dentro das mídias sociais, dentro da internet. Faz com que pessoas localizem você, e localizem o seu conteúdo.

Por isso que é importante que o seu conteúdo tenha muita relevância. Quanto mais relevância o seu conteúdo tiver, mais usuários ele irá atrair para conhecer o seu produto ou serviço, conhecer sobre aquilo que você está falando. O Inbound Marketing tem a ver com aquela visão de que você não deve caçar as borboletas, você deve construir um jardim, para que as borboletas venham até você. Não sei se você já ouviu esta definição.

A ideia do inbound marketing, é mais ou menos isso. Você vai construir conteúdo relevante e isso pode estar ligado a artigos, a ebooks, a vídeos, que tenham a ver com aquela persona, tenham a ver com aquele público-alvo e você coloca esse conteúdo a disposição dentro da internet. Vai trair pessoa conhecer mais sobre a sua marca, conhecer mais sobre o seu produto, e nesse momento, é muito importante também que você tenha estratégias para a geração de leads, significa que, dentro daquele teu artigo, dentro daquele conteúdo, dentro daquele vídeo que você construiu, o ideal é que você coloque um algo a mais, um presente a mais, um curso online, um ebook, uma videoaula para que a pessoa deixe o e-mail dela em troca do acesso aquela informação. Em troca do acesso aquele curso ela vai deixar o e-mail dela. E a partir desse e-mail é que você vai começar a estratégia de relacionamento do funil de vendas com esse futuro comprador ou, com essa pessoa que tem interesse no seu conteúdo, que faz parte da sua audiência.

Um ponto legal para discutir aqui, é a diferença entre inbound marketing e outbound marketing. A ideia do outbound, é aquele negócio de você ir atrás do cliente. Saber que tem pessoas que tem interesse em seguros e ir ligar para essas pessoas. Ir direto, meio que incomodar as pessoas. Ir atrás das empresas que precisam do seu produto ou serviço, buscar na lista telefônica, hoje em dia nem tem mais lista telefônica, eu acho. Mas era uma das formas que antigamente as pessoas faziam, o tal do outbound marketing. Buscavam sobre empresas que seriam possíveis clientes e, entravam em contato com elas, ligavam, buscam no LinkedIn pessoas, ou seja, tentam buscar os leads de forma ativa. Indo atrás daquela pessoa que pode vir a se tornar um cliente seu. No inbound marketing é o contrário, você irá atrair as pessoas que tem interesse no seu produto.

Para ficar saber quando os próximos episódios estarão no ar, clique nesta página e se inscreva.

Escrito por
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Inscreva-se em nosso blog para receber nossos conteúdos por email

Guias

Inscreva-se em nosso blog para receber nossos conteúdos por email

como vender mais com o funil de vendas

Mais do meio

Quer receber mais conteúdos como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por e-mail e participe da comunidade da Leadlovers

Leadlovers Tecnologia
CNPJ: 22.799.684/0001-76
Rua do Semeador, 461 | CIC • Curitiba|PR • 81270-050
© 2015 – 2022 leadlovers