Branding: Conheça 7 razões Para Investir e Fazer sua Marca Atingir outro Patamar

Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Começamos esse artigo com duas perguntas: Você tem uma empresa? Já ouviu falar sobre branding?

Se a sua resposta for “sim” para a primeira pergunta, não importa a resposta da segunda. Afinal, se você conhece ou não o termo, estamos aqui para explicar um pouco sobre o seu significado e as vantagens para seu negócio…

Vamos conferir?

Antes de tudo, o que é marca?

Não dá pra falar de branding sem antes falar sobre marca e você vai entender o porquê logo logo.

Muitos indivíduos minimizam muito o conceito de marca. Marca vai muito além do nome de uma empresa, por exemplo.

Marca é o conjunto de recursos que tornam o seu produto ou negócio diferente dos demais. O nome faz parte da marca, o logotipo também, as cores idem, até o seu site faz.

Contudo, sua marca nunca será isso apenas. A marca são todos esses itens, palpáveis ou não, que falam por você.

A marca é como se fosse o coração, a personalidade, a alma da sua empresa. Ou seja, é a marca que te torna único perante o mundo.

 

Branding: O que é marca
O que é marca?

Walter Landor já dizia “Os produtos são criados nas fábricas, as marcas nas cabeças das pessoas.

Portanto, a sua marca passa por você, mas vai muito além… Marca é a maneira como os consumidores te enxergam.

A você cabe continuamente atentar para melhorar a visão das pessoas perante a sua empresa.

E é aí que o branding entra para te ajudar… Quer ver?

E o que é branding?

“Branding” vem da palavra “Brand” que inglês significa “Marca”, mas a palavra Branding em si não possui tradução para a nossa língua. Simplificando o conceito do termo, podemos dizer que branding é o conjunto de várias ações realizadas para a construção e gestão de uma marca.

O objetivo do branding sempre vai ser ampliar o alcance positivo das marcas, tornando-as muitas vezes verdadeiros ‘objetos’ de desejo do público.

É por isso que o trabalho de branding começa desde o início e perdura em todas as ações cotidianas da empresa.

Ou seja, engana-se quem pensa que branding é apenas “deixar a casa bonita”.

Branding é bem superior a isso, sendo mais do que uma tática, uma verdadeira estratégia difícil e trabalhosa de ser aplicada.

Para tal, existe, sim, todo um cuidado para expressar a identidade da marca no logotipo, nas cores, tipografia. Todavia, não para por aí.

O objetivo é transmitir para todos o seu diferencial, transcendendo a parte econômica e apontando para um futuro onde a marca venha a ser um estilo de vida, uma filosofia, um modo de pensar.

Branding: O que é branding?
O que é branding?

É por isso que quando pensamos em branding, logo vem à cabeça o nome de grandes marcas como Coca-Cola, McDonalds, Apple, Google, Walmart, Microsoft e tantas outras que você deve se identificar.

Um trabalho de branding começa, por exemplo, desde a definição do que é a sua marca dentro do mercado, o que faz, qual segmento está inserida, quem são seus concorrentes e quais são as brechas deixadas por estes.

Além, claro, da definição de público-alvo, missão, valores e objetivos.

Se você queria uma razão para começar a pensar em branding, nós te damos sete. Vamos conferir todas?

7 razões para a sua empresa investir em branding

1. Se diferenciar da concorrência

Depois do que falamos acima, fica fácil entender por que quando seu branding é trabalhado da maneira correta, sua marca deixa de ser mais uma e passa a ser única, certo?

Isso ocorre porque a marca assume, de fato, sua identidade no mundo. E o público passa a enxergar isso independente do meio pelo qual é impactado.

Dessa maneira o público-alvo identifica, consciente e inconscientemente, com os valores da marca.

Em um mundo cada vez mais competitivo, onde uma boa ideia é mais facilmente replicada, realçar seu diferencial é ainda mais relevante.

Principalmente em tempos afetados pela crise, onde muitos empreendimentos deixam isso de lado, é aí que você deve ir para o caminho contrário.

Branding: Se diferenciar da concorrência
Se diferenciar da concorrência

 

Assim, ao se diferenciar dos concorrentes, conquistar seu espaço e se posicionar de maneira forte, sua marca consegue sair na frente das outras.

Isso, é claro, se o branding estiver atrelado à qualidade dos produtos e/ou serviços que a sua empresa oferece e com todas as estratégias de Marketing alinhadas.

Existem muitos fatores que fazem da sua marca a escolha de um indivíduo.

Entretanto, aquilo que diferencia uma marca da outra influencia ainda mais na hora de se conseguir clientes novos. E aí fica muito mais fácil crescer, né?

2. Maior credibilidade

Não precisamos dizer que tudo que falamos no item anterior sobre conquistar um espaço só seu dentro do mercado leva a maior credibilidade da sua marca, né?

Isso porque toda empresa que tem propósitos e imagem bem definidos acaba por passar uma impressão de estabilidade, confiança e responsabilidade perante à sociedade.

Branding: Maior credibilidade
Maior credibilidade

 

Um resultado totalmente esperado, certo? Pois se branding é, como vimos acima, a gestão da marca, ao aderi-lo a reputação desta será impactada positivamente.

Se trabalhamos para mostrar ao público confiança e eficiência, isso reflete e torna-se uma consequência natural de todo o processo.

E essa reputação é imprescindível, especialmente quando pensamos mais uma vez na concorrência crescente e na crise econômica do nosso país: Quem consegue transmitir mais segurança para o público tem maiores chances de ser escolhido na decisão de compras.

3. Maior identificação do público

Ao fazer branding, a nossa marca fala de acordo com o que a empresa realmente é e oferece. É como se, finalmente, conseguíssemos dizer ao público quem somos, bem com nossos propósitos, missão, valores, enfim, tudo o que forma a empresa.

Isso ocorre também porque quando assumimos uma identidade, tudo fica mais fácil. Com o nosso conteúdo não é diferente.

Ou seja, além de produzir pensando na nossa persona, também faremos tudo de modo a transmitir os objetivos e visão da empresa.

Assim, conseguimos nos comunicar de forma exponencialmente melhor e honesta com o nosso público em toda e qualquer ação.

E essa melhor comunicação, por sua vez, faz com que as pessoas se identifiquem e se sintam mais próximas da nossa marca.

Branding: Maior identificação do público
Maior identificação do público

 

Do que adianta conhecermos o nosso público-alvo se não sabemos nem quem  nós somos com propriedade?

Uma coisa não acontece sem a outra e o branding está aí para acabar com esse problema.

Com a maior proximidade das pessoas, você ganhará não somente clientes novos, como garantirá um relacionamento com estes consumidores, fidelizando e conquistando até mesmos fãs da sua marca.

Tudo que uma empresa quer para conseguir ganhar reconhecimento, não é mesmo?

4. Mais valor agregado

A maior credibilidade e identificação do público, tratadas nos itens anteriores, acabam por agregar mais valor à marca e aos produtos e/ou serviços oferecidos por ela.

Justamente pela questão que discutimos da maior chance de se ter clientes fidelizados e até mesmo fãs.

Branding: Mais valor agregado
Mais valor agregado

É assim que muitas marcas acabam indo muito mais longe que aquilo que, de fato, a empresa oferece ao consumidor.

Isto é, um produto semelhante a outro concorrente em qualidade acaba se sobressaindo pelo valor que a sua marca conquistou.

Como se não bastasse, hoje sabemos que o público tende ainda a escolher mais as marcas que possuem identidade bem definida e aspecto mais profissional.

Portanto, é fácil as empresas notarem como a adoção do branding impacta as vendas absurdamente. E isso ainda é mais observado a longo prazo.

5. Toda equipe falando a mesma língua

Do mesmo modo que possuir uma boa gestão de marca faz com que a empresa expresse seus valores e sua visão para o público, isso ocorrerá internamente.

Portanto, se o branding bem executado melhora a comunicação entre empresa e clientes, também ocorre para os colaboradores.

Já se uma empresa não investe em branding, os diferentes setores têm dificuldade na hora de pensar como partes de um único quebra-cabeça.

Branding: Toda a equipe falando a mesma língua
Toda a equipe falando a mesma língua

Ao contrário, se uma marca deixa claro aos seus funcionários quem ela é e quais são seus objetivos, todos sabem pelo que devem lutar. É como se os colaboradores tivessem uma direção mais bem definida.

Sem contar que quando uma empresa consegue transmitir a mensagem de seus valores, mais profissionais querem fazer parte daquela equipe. Isso é ótimo, pois mais fácil fica encontrar pessoas capacitadas e que verdadeiramente correspondem aos ideais da organização.

Assim como será com a atração de novos fornecedores, parcerias. Enfim, em tudo.

6. Mais direção para o Marketing

Quando sua marca está bem posicionada, o seu Marketing sente que possui um norte, tanto na hora de criar estratégias como ao colocá-las em prática. Todas as ações possuem uma base sólida, um alicerce.

Se esse processo funciona, o marketing sabe quem a empresa é e quem quer atingir, facilitando a segmentação e a forma como desenvolve e promove seus conteúdos, por exemplo.

É impossível realizar marketing de maneira mais assertiva, quando não se tem definida a missão da empresa na sociedade, se não sabemos o que somos e o que queremos, não há como fazer planos, certo?

Branding: Mais direção para o seu Marketing
Mais direção para o seu Marketing

As razões anteriores que falamos aqui explicitam muito isso, pois não dá para falar de identidade, reputação,  valor e comunicação sem pensar em Marketing.

Com o branding temos o embasamento para trabalhar marketing com eficiência, atingindo resultados. Por essa razão, deve vir antes de todo o resto.

Portanto, não dá para fazer um marketing realmente poderoso sem branding. Isto é, estas são duas frentes totalmente interdependentes e decisivas para o crescimento dos negócios.

7. Enfim, mais resultados no futuro

Após todas as razões que citamos, fica nítido como uma empresa tende a conseguir mais sucesso quando pensar a partir do branding, não é mesmo?

Principalmente em relação ao alinhamento dos colaboradores dos diferentes setores. Pois, antes de tudo, uma empresa é formada por pessoas.

Com a administração da marca, o alcance da empresa se expande, atingindo mais público de maneira positiva, o que, por sua vez, gera aumento dos clientes e da fidelização dos mesmos.

Branding: Mais resultados no futuro
Mais resultados no futuro

Obviamente que uma marca não se consolida da noite para o dia, o tempo tem papel crucial nesse sentido. Da mesma forma, sua empresa irá fazer diferentes campanhas ao longo dos meses e anos.

Entretanto, o branding permite que essa construção aconteça sem que haja perda da mensagem principal da empresa, aquela que conquistou os clientes desde o início.

É por esse motivo que o trabalho de branding nunca termina. É uma estratégia que deve estar ativa todos os dias nas empresas, praticando e melhorando sempre.

Afinal quando você sabe, de fato, quem é torna-se bem mais fácil saber para onde vai, não é mesmo?  E o nosso desejo genuíno para você é: Vá longe.

Escrito por
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Inscreva-se em nosso blog para receber nossos conteúdos por email

Guias

Inscreva-se em nosso blog para receber nossos conteúdos por email

como vender mais com o funil de vendas

Mais do meio

Quer receber mais conteúdos como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por e-mail e participe da comunidade da Leadlovers

Leadlovers Tecnologia
CNPJ: 22.799.684/0001-76
Rua do Semeador, 461 | CIC • Curitiba|PR • 81270-050
© 2015 – 2022 leadlovers