O que a equipe do leadlovers aprendeu no Go Digital 2016?

Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Durante os dias 09 e 10 de Dezembro rolou em Curitiba o Go Digital 2016, evento de Marketing Digital que reuniu excelentes palestrantes, profissionais que já estão há algum tempo atuando no mundo digital e eles encontram uma excelente forma de share love: compartilhar conhecimento.

Equipe do leadlovers
O que a equipe do leadlovers aprendeu no Go Digital 2016?

Como o pessoal do leadlovers adora adquirir conhecimento e experiência, nós não poderíamos deixar de marcar presença neste evento, por isso os nossos representantes foram integrantes da equipe de marketing, sendo eles: eu (a Ana Augusta que vos fala), o Bruno e Wagner.

Esses dois dias de eventos foram super produtivos e enriquecedores, tanto que nós decidimos compartilhar esta experiência com você para dar uma noção maior do que é o mercado de marketing digital, então vamos lá.

O que a equipe do leadlovers aprendeu sobre Facebook Hacked com o Juliano Kimura

O primeiro dia de evento começou muito bem, um japa muito louco subiu no palco e deu altos insights sobre anúncios no Facebook, sério, foi muito bom ter uma perspectiva tão otimizada da rede social e de como é possível utilizá-la de várias formas para o seu negócio.

O palestrante em questão foi o Juliano Kimura, que nos mostrou que a palavra “Hack” (que significa “Cortar” em inglês) no mundo digital tem outra conotação, partindo para o sentido de ser mais produtivo, ou seja, quanto mais ágil, melhor.

Um dos exemplos que o Kimura nos falou é do tempo que gastamos para aperfeiçoar um post, sendo que a “vida útil” dele será de uma hora, no máximo. Então, se você quiser ser mais produtivo no ambiente digital, uma dica é parar e avaliar quanto tempo você perde para deixar aquela foto photoshopada antes de publicá-la para os seus seguidores.

Para trabalhar com o Facebook lembre-se sempre da singla T.IP.IN, ou seja, trabalhe pensando no Tempo, em Interações Positivas e Interações Negativas. Se você pensar muito em cada post que deseja publicar, talvez você perca o momento de conquistar um bom engajamento.

O que a equipe do leadlovers aprendeu sobre Facebook Hacked com o Juliano Kimura
O que a equipe do leadlovers aprendeu sobre Facebook Hacked com o Juliano Kimura

Kimura também deu vários dados, que você pode utilizar para traçar estratégias de anúncios e, até mesmo, para avaliar que tipo de abordagem usar na sua fan page, campanhas e comunicação com os usuários.

Entre as informações mencionadas se encontra o fato de ⅓ da população brasileira acessar o Facebook diariamente, sendo uma das populações com mais tempo de acesso na rede social. Ele também levantou a questão de que a time line do Facebook é diferente para cada pessoa e na hora de anunciar é importante ter esta informação em mente, pois por mais que você segmente, algumas pessoas talvez não verão o seu anúncio.

O Facebook está em constante alterações, a equipe do Mark Zuckerberg está sempre lançando novas funcionalidades que podem afetar diretamente as campanhas de anúncios.

Se você tiver dúvidas para quem começar anunciar, o próprio Facebook te dá uma mão se você possuir uma fan page. O Facebook oferece diferentes tipos de páginas, cada uma de acordo com sua categoria.

Quem é administrador de uma página consegue visualizar um menu na parte superior, onde encontrará a opção Informações, ali você terá uma noção do perfil dos seus seguidores e descobrir que tipo de público o seu negócio atrai, é um ótimo ponto inicial para começar a anunciar.

Equipe do leadlovers e o Juliano Kimura
Facebook Hacked com Juliano Kimura

O conteúdo foi pauta de alguns palestrantes do evento, inclusive do Juliano Kimura. Produzir conteúdo e apresentá-lo de forma simplificada, de forma dinâmica e não muito longo, é um ponto positivo, pois o conteúdo é assimilado de formas variadas, não entregue algo que você não gostaria de ver, curtir e compartilhar.

Uma curiosidade levantada por Kimura é que os conteúdos de legitimidade mediana são os que possuem maior ressonância, ou seja, tem maior número de compartilhamentos e interações por parte dos usuários, complexidade não engaja tanto como deveria.

Explore mais o Facebook e as ferramentas que você costuma utilizar para realizar um Marketing Digital mais efetivo, dentro das plataformas online é possível encontrar uma grande quantidade de informações que podem te auxiliar.

E algo que o Kimura frisou bastante durante a palestra é que não existe receita para resultados significativos dentro do Facebook, é importante realizar testes constantes e analisar o que funciona ou não para o seu negócio.

O Kimura foi muito querido ao disponibilizar uma planilha para você criar a persona do seu negócio, para acessá-la vá até o site julianokimura.com.br. Ele também comentou de um Google Drive público, onde qualquer pessoa pode acessar, utilizar o conteúdo lá disponível e inserir conteúdo para compartilhar com mais pessoas, é o tampopus.com, dê uma conferida, talvez você encontre informações que nunca pensou que existiam.

Equipe do leadlovers e o Linkedin
O que a equipe do leadlovers aprendeu sobre o Linkedin com Cristiano Santos

O que a equipe do leadlovers aprendeu sobre o Linkedin com Cristiano Santos

Esta foi a palestra mais esperada (pelo menos para mim), pois o Linkedin era uma incógnita, uma rede social que não sabíamos como trabalhar e qual era o seu propósito além de atuar como curriculum online, onde todo mundo têm acesso.

O Cristiano Santos conseguiu ampliar a nossa visão sobre a rede social voltada para fins profissional e nos mostrou que é possível fazer muito mais com um perfil cadastrado nela.

Mais uma vez o conteúdo foi o assunto e assim como outras redes sociais, o Linkedin também está focado na produção de conteúdo e, por mais incrível que pareça, você pode gerar conteúdo para o seu curriculum sem medo, pois é como o Cristiano Santos disse durante a palestra, o “curriculum mostra quem você foi, não que você é”. Porque querendo ou não, o nosso curriculum é um histórico da nossa vida profissional.

Mas como criar conteúdo no Linkedin? Da mesma maneira que você cria para o Facebook, Instagram, Twitter, Youtube e etc., o Linkedin aceita textos, fotos e vídeos, todo o empenho que você teve para construir um perfil no Facebook, digno de ser aceito pelo seu círculo social, também deve ser utilizado para construir um círculo de conexões no Linkedin. Assim, você acabará construindo um marketing pessoal para a sua imagem de forma natural.

O que a equipe do leadlovers aprendeu sobre Linkedin
O que a equipe do leadlovers aprendeu sobre Linkedin

O próprio Linkedin tem uma ferramenta chamada Pulse, onde você pode escrever antigos dentro da plataforma e, assim, engajar com os seus seguidores.

Foi incrível, pois conforme o Cristiano falava, um novo mundo se abria diante dos nossos olhos, ele mostrou pequenos recursos da redes social que eu nunca havia notado, ele explicou rapidamente cada um deles e como nós poderíamos otimizá-los. Além de contar que você também pode participar de grupo por lá e seguir as empresas que você admira transmite uma imagem positiva.

E uma coisa que ele frisou foi: NUNCA, mas nunca mesmo coloque que você está DESEMPREGADO. Se a sua jornada se encerrou em uma empresa, basta colocar a data de início e de fim que o Linkedin se encarregará do resto. #FicaADica.

As empresas também têm que ter cuidado no Linkedin, lá também é possível criar uma fan page, conhecida como Company Page e a comunicação é bem diferente da comunicação que é realizada no Facebook ou Twitter, por exemplo, que são mais descontraídas, deixando alguns posts galhofas passarem, a formalidade impera no Linkedin, tenha isso em mente, vale tanto para usuários normais quanto empresariais.

Gostou das possibilidades que o Linkedin oferece, então, confira um pouco mais da história desta rede social mal compreendida por muitos.

equipe do leadlovers aprendeu sobre Growth Hacking
O que a equipe do leadlovers aprendeu sobre Growth Hacking com Raphael Lassance

O que a equipe do leadlovers aprendeu sobre Growth Hacking com Raphael Lassance

O Raphael Lassance marcou presença no Go Digital para falar sobre Growth Hacking, um recurso do marketing digital para obter resultados mais rapidamente.

Focado no mercado de e-commerce, Lassance nos apresentou técnicas e ferramentas que auxiliam na aquisição de clientes e conversão em vendas da forma mais rápidas. De acordo com o palestrante, o Growth Hack é um preguiçoso inteligente, ele sempre buscará uma forma para os resultados aparecerem mais rápido.

Ele nos apresentou uma série de ferramentas online, gratuitas e pagas, que qualquer pessoa pode utilizar no seu negócio, logo abaixo você confere uma pequena lista de ferramentas e como elas pode te ajudar:

  • CANVAS: criação de imagens com texto para anúncios ou pro que você quiser
  • RAPPORTIVE: rastreia os dados a partir do e-mail do usuário
  • SIDEKICK: mostra métricas de abertura e clique de e-mails que você enviar
  • MOZ.COM SEO TOOLBAR: mostra a reputação do seu domínio para o google
  • BUZZSUMO: mostra os posts mais compartilhados sobre determinado assunto
  • EMAIL HUNTER: “encontra” o e-mail de uma pessoa
  • W3C VALIDATION: vê se em uma página há algum link quebrado

O intuito das ferramentas é ajudar, elas não irão fazer todo o trabalho automaticamente, é necessário realizar uma “manutenção” estratégica e ir otimizando-a sempre que necessário.

equipe do leadlovers aprendeu sobre Comunicação Efetiva
O que a equipe do leadlovers aprendeu sobre Comunicação Efetiva em Ambientes Virtuais

O que a equipe do leadlovers aprendeu sobre Comunicação Efetiva em Ambientes Virtuais com Pamela Seligmann

Quando você ouve a expressão “Comunicação é tudo” é verdade, verdade mesmo, e com a palestra da Pamela Seligmann isso ficou ainda mais claro, pois ela nos mostrou que ainda hoje nós vivemos em uma Torre de Babel, depois de milhões de anos de evolução nós ainda não temos ideia de como nos comunicar uns com outros e o ambiente virtual deixou tudo mais difícil.

A comunicação é falha por conta dos nossos modelos mentais, a percepção de cada indivíduo interfere na forma como a mensagem será recebida. Os nossos modelos mentais são formados por conta de fatores biológicos, culturais, linguagem e experiência.

A nossa comunicação é 55% não verbal, aquela que envolve gestos; 37% vem do nosso tom de voz (tenha cuidado com isso) e 8% do conteúdo, então, na hora de produzir o conteúdo pense bem no tipo de comunicação que você deseja usar, principalmente se você trabalha com Marketing Digital e deseja atrair leads.

A velocidade com que recebemos a informação e os estímulos sociais impactam constantemente a nossa comunicação e, nesse momento, Seligmann contou algo que nunca havíamos percebido, que nós não temos problemas de comunicação, mas sim problemas de relacionamento e se nós possuirmos alguma desavença com outra pessoa, provavelmente, a mensagem dela chegará distorcida.

Uma frase dela que marcou bastante foi: “Tudo o que é dito, é dito por alguém” e para que mensagem seja clara e não haja ruídos, não tenha medo de fazer perguntas, quantas vezes forem necessárias até que você compreenda que a outra pessoa deseja passar e vocês estejam na mesma página.

Fique atento com o uso da palavra “Por quê”, tanto no mundo real quanto no virtual, pode ser visto como algo ruim e direto, quase invasivo.

E lembre-se: pensar alguma coisa e falar sobre ela são coisas totalmente diferentes.

O que a equipe do leadlovers aprendeu sobre Neuromarketing
O que a equipe do leadlovers aprendeu sobre Neuromarketing nas Mídias Sociais com Felipe Nasser

O que a equipe do leadlovers aprendeu sobre Neuromarketing nas Mídias Sociais com Felipe Nasser

O neuromarketing teve a sua parcela de tempo através do Felipe Nasser, ele nos mostrou que o Digital é o agora, está acontecendo neste momento, e o Neuromarketing é o nosso futuro, que será cada vez mais utilizado como recurso estratégico.

De acordo com Nasser, nós somos impactados por 11 bilhões de bits de informações, mas processamos apenas 40 bits, o tempo que você tem para conquistar a atenção de um usuário é de 3 segundos – 5 segundo se tornou muito tempo depois dessa palestra – e o engajamento vem através da emoção.

Durante a palestra, ele nos mostrou um gráfico onde o nosso cérebro é separada em 3 partes: New Brain Think, que ativa a nossa participação e o nível de engajamento; o Middle Brain, responsável pelos nossos 5 sentidos; e o Old Brain Decides, responsável pelas nossas reações emocionais.

Conteúdo em vídeo é estimulante para emoções e, consequentemente, para engajamento.

Basicamente, o neuromarketig utiliza das nossas emoções para obter os resultados desejados. Com os gatilhos certos, você ativa alguns pontos mentais que te ajudarão a aumentar a engajamento e conversão do seu negócio.

O que nós achamos do Go Digital 2016

Os dois dias de evento foi uma overdose de conteúdo e conhecimento, superou as nossas expectivas, conhecemos profissionais que nos ajudaram a ter uma nova visão do mercado e a descobrir novas metodologias que podemos utilizar em nosso trabalho para obter melhores resultados.

A cada evento que participarmos, nós pretendemos trazer para você o que nós aprendemos e compartilhar todo nosso conhecimento, então, sugerimos que você fique de olho em nosso blog para ficar por dentro de tudo e não perder nada.

Artigo produzido pela Ana, Bruno e Wagner, membros da equipe do Marketing do leadlovers.

Escrito por
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Inscreva-se em nosso blog para receber nossos conteúdos por email

Guias

Inscreva-se em nosso blog para receber nossos conteúdos por email

como vender mais com o funil de vendas

Mais do meio

Quer receber mais conteúdos como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por e-mail e participe da comunidade da Leadlovers

Leadlovers Tecnologia
CNPJ: 22.799.684/0001-76
Rua do Semeador, 461 | CIC • Curitiba|PR • 81270-050
© 2015 – 2022 leadlovers