O Facebook mudou o algoritmo mais uma vez, veja o que muda

Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Você, anunciante em mídias sociais, ficou sabendo que o algoritmo do Facebook passou por uma importante atualização? A partir de agora a plataforma está mais rigorosa, é antispam e punirá quem tentar manipular a otimização do post, definidos como “Click Bait” ou “Caçador de cliques”, em português.

Ano passado o tio Mark Zuckeberg iniciou um projeto chamado de super qualidade, permitindo ao próprio algoritmo do Facebook punir conteúdos fracos, proibidos e o spam. No entanto, a última mudança foi a mais significativa de todas: o sensacionalismo de sites e empresas.

Veja o que não se deve fazer segundo o algoritmo do Facebook:

Um exemplo é o post intitulado “Herói do Mundial se despede do Corinthians contra o Bragantino! Veja: link”. A imagem em questão era uma foto do atacante Guerrero com a palavra “DESPEDIDA!” escrita. Este é um típico post Caçador de Cliques e baseado em fatos reais.

O link realmente chama a atenção, mas ao clicar, você é redirecionado para uma matéria onde descobre que o jogador ficará apenas 4 jogos de fora por causa da seleção e de uma suspensão. Outro clássico é o título “Você não vai acreditar no que esse cara fez”.

Por afetarem a sensibilidade do nosso cérebro, os posts geram curiosidade e mexem com o nosso lado neurológico. Por conta da grande quantidade de cliques, o post é otimizado rapidamente, aparecendo para milhares de pessoas. Isso não quer dizer qualidade ou que as pessoas ficaram satisfeitas com o conteúdo ao entrar no site.

O Google e Facebook se tornaram verdadeiros impérios da internet não por praticarem filantropia, mas por privilegiarem as pessoas. Eles sabem que pessoas satisfeitas permanecem mais tempo no site e geram maior renda neste período.

Um dos motivos que levaram o Facebook a tomar tal decisão foi uma pesquisa interna, que provou que 80% dos títulos impactantes levam as pessoas para matérias com conteúdo vago e sem valor.

Como não ser punido pelo algoritmo

Escreva textos qualificados e fique tranquilo, porque assim você dificilmente será afetado por qualquer alteração. A maneira que o algoritmo do Facebook detecta caçadores de cliques é simples e didática. Primeiro ele analisa quanto tempo você passou lendo o artigo, depois ele vai medir o número de interações (curtir, comentar e compartilhar) do post após o clique.

Caso você continue usando títulos sensacionalistas e levando as pessoas para páginas sem comentários, o seu post e sua fan page serão duramente penalizados com o alcance bastante reduzido.

Aumente o alcance das suas matérias

A alteração no algoritmo beneficia o alcance orgânico de fan pages que postam apenas o link, ao invés de imagem + link. Esta é a forma que as pessoas mais compartilham notícias instantaneamente. A rede social dará uma pontuação extra para as fan pages que utilizarem este formato.

Além disso, postar apenas o link aumenta a conversão, pois a área de clique aumenta e facilita o touch do celular, sem contar que o título e a linha fina aumentam o número de informações.

“Se as pessoas compartilham links desta forma, porque as empresas não podem fazer o mesmo?”, diz o Facebook.

Caçadores de curtidas também serão punidos

A fan page, ou like gate, está com os dias contados. O Facebook também anunciou que proibirá que as fan pages exibam conteúdos diferentes para fãs e não fãs. Isso é um ato comum, pois na maioria dos casos elas obrigam o usuário a curtir a página para ter acesso ao conteúdo desejado.

Além de garantir que as pessoas não troquem um like por conteúdo, a plataforma também garante a renda da sua rede de anúncios.

Social Media é obrigatório

As agências de publicidade e empresas que não têm conhecimento especializado, mas que mesmo assim cuidam de fan pages, serão as principais penalizadas. Nos meios de massa você pratica publicidade e, nas redes sociais, o relacionamento e a estratégia são combustíveis fundamentais.

Deixar a fan page no microondas, ou seja, apertando apenas um botão e deixando tudo pronto, será extremamente prejudicial. Até 2015, será difícil empreendedores e agências tradicionais não terem um profissional especializado ou se associar a agências e produtoras com autoridade em redes sociais.

Então fique esperto com essa nova mudança, a sua intenção pode ser a mais sincera possível, mas o Facebook é imprevisível e pode considerar o seu conteúdo inapropriado, seguido essas dicas você não terá problemas. Abraços e até a próxima.

Fonte: Adnews

Escrito por
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Inscreva-se em nosso blog para receber nossos conteúdos por email

Guias

Inscreva-se em nosso blog para receber nossos conteúdos por email

como vender mais com o funil de vendas

Mais do meio

Quer receber mais conteúdos como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por e-mail e participe da comunidade da Leadlovers

Leadlovers Tecnologia
CNPJ: 22.799.684/0001-76
Rua do Semeador, 461 | CIC • Curitiba|PR • 81270-050
© 2015 – 2022 leadlovers